quarta-feira, janeiro 2

Como ensinar (quase) qualquer coisa a (quase) qualquer pessoa

Artigo provocador de Felder & Brent (2006):



Escrever objectivos de aprendizagem detalhados e dá-los a conhecer aos alunos. Esses objectivos devem especificar acções directamente observáveis e cobrir todas as capacidades (skills) que se pretende que os alunos dominem. Devem ser comunicados aos estudantes de forma a orientar o seu estudo e a a preparação para os momentos de avaliação.


Ensinar uma capacidade antes de a avaliar. Explicar e ilustrar o que se pretende, mostrar bons e maus exemplos e fazer os estudantes trabalharem em pequenos grupos para os criticarem, depois fazer momentos de avaliação formativa sobre esse conteúdo.


Usar grelhas (rubrics) para a avaliação sumativa de tudo o que envolva uma avaliação subjectiva por parte do professor. Quanto mais claro é o sistema de avaliação, melhor os estudantes correspondem às expectativas.


Se uma competência é importante, deve ser avaliada. Os estudantes só se empenham em aprender aquilo que é avaliado. Isso não é preguiça, é um comportamento racional.




A receita é simples e eficaz. Para a aplicar só é preciso tempo e organização. E vontade...

3 comentários:

CristinaGS disse...

Saudações de Ano Novo. Bela entrada esta, que comporta um bom desafio. Simples, não é? Abraços

Paideia disse...

Caro José,
Quero começar por desejar-te e aos restantes companheiros, um ano novo cheio de projectos e de realizações. E a saúde que ajude.
Bom, eu diria que concordo com quase tudo, à excepção de
"Os estudantes só se empenham em aprender aquilo que é avaliado". Sendo verdade que se trata de um comportamento racional, temos de convir que há estudantes cuja motivação intrínseca os leva a procurar para lá do que é estritamente avaliado. São geralmente estudantes com um desenvolvimento moral elevado e particularmente reflexivos. Poderão ser menos ricos q o Joe Berardo - admito - mas são criativos e têm uma elevada motivação intrínseca.
(Digo eu, sei lá...)

Muita saúde
Um abraço da
Idalina

Girafa cor de rosa disse...

"Quanto mais claro é o sistema de avaliação, melhor os estudantes correspondem às expectativas."

gostei bastante deste poste e desta frase, obrigada pela partilha e FELIZ 2008.