quarta-feira, dezembro 21

Tempo interior…

O tempo tem uma importante dimensão subjectiva. Só aparentemente os horários que regulam o nosso quotidiano escravizam as nossas experiências e tomadas de decisão. O bom ou mau uso que lhe damos releva a duração interior do tempo e os sentidos pessoais que lhe atribuímos. Analisado frequentemente numa perspectiva técnica ou observado sob um ponto de vista político, é do tempo fenomenológico que importa falar. É tempo de dar o tempo àqueles que nos suportam, aconchegam, que precisam da nossa presença, que nos querem bem. É tempo de dar o tempo...
[Imagem retirada daqui]

3 comentários:

Miguel Sousa disse...

sabes meu amigo,corremos o risco de comenter a injustiça de estarmos mais virados para a nossa profissão do que para aqueles, que na nossa casa trabalham para o noss equilibrio....o tempo é fundamental, a sua gestão criterioso, dá-lhe o valor

Miguel Sousa disse...

já agora envia-me um mail a me explicar como se coloca múscia e onde as vais buscar

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... Free insurance business shopping China culinary schools air conditioner equipment free mature or mom toronto home security companies