domingo, julho 30

As Ondas Quebravam Uma à Uma





"As ondas quebravam uma à uma
Eu estava só com a areia e com a espuma
Do mar que cantava só p’ra mim"


Sophia de Mello Breyner Andresen

7 comentários:

Teresa Lopes disse...

"Quem dera que fôssemos, meu amor, pássaros brancos sobre a espuma do mar..."
W.B.Yeats

IC disse...

Vejo que regresso em momento de poesia, mal me atrevo a interromper para dizer olá :)

AnaCristina disse...

Uma brisa marítima...
Por aqui nem me atrevo a pôr o pé na areia...
:S

Tit disse...

lol... Olá malta... ;)
[Hoje tou melancólica... acho que é por estar "toda a gente" a ir de férias...buáaaaaaaaa]
Eu mais uma semaninha e tb "bazo"... =)
Um abraço a todos!

Tit disse...

Nota: O "buáaaaaaa" não é inveja - é saudades antecipadas... chuif...

Tit disse...

Isto hoje tá mesmo mau - vai tudo aos bochecos...
Esqueci-me de "gabar" a citação da Teresa Lopes - tá linda :)

3za disse...

Eu... pois... interrompi... mas como as saudades são assim... tive de vir aqui matá-las... Ainda bem... ando com imensa sede de poesia...
Abraços e beijinhos!