segunda-feira, março 10

1 - Olha... então qual é o conflito? / 2 - Recordem-se disto sff

.
.
1 - "O que me convence não é a força dos números. É a força da razão".
[Sócrates (o vivo) dixit]


Acho que este também é o discurso dos professores quando lhes querem vender algumas estatísticas e fazer a sua progressão depender dos resultados dos alunos.
Então... para quê tanta celeuma? Bem vistas as coisas, estamos todos de acordo... os números valem o que valem... o que importa é a razão!


2 - "Era só o que mais faltava se as decisões do governo fossem tomadas na rua!"
[Sócrates (o vivo), Vitorino (o pequenino não canta, que se saiba), Maria LR (a...vocês sabem quem) et all]


Quem os viu há cerca de 3 anos atrás e quem os vê agora...
Será que manterão esta coerência de discurso nos actos pré-eleitorais? Ou... virão eles para a rua - todos juntos, piores que hooligans, uns perfeitos arruaceiros e a quererem comer-nos as criancinhas todas ao pikênalmoço?

4 comentários:

Anónimo disse...

Colegas, para discutir estes e outros assuntos relacionados com a educação e com os professores, visitem a Sala dos Professores em www.saladosprofessores.com!
Já somos mais de 12.000 professores registados e a participar activamente no fórum! Juntem-se a nós e registem-se! Quantos mais formos mais alto se ouvirá a nossa voz da razão!

arte por um canudo disse...

Eles mudam..ai mudam mudam.Basta que se aproxime a campanha.

3za disse...

:) Tu... ;)

António Chaves Ferrão disse...

Olá TsiWari
Para os mathematical oriented people deixei mais um pequeno desafio. Se houver uma resposta de qualidade, será transformada em post.
Um abraço