domingo, abril 22

U. de Aveiro no SL

Para saber um pouquinho mais sobre o projecto da Universidade de Aveiro no Second Life. Miguel, esta leitura é para ti, em especial.

Boas leituras!... Boa viagem!...

3 comentários:

IC disse...

Posso mudar de ideias, mas, para já, confesso que este desafio não me atrai. Embora não tenha experimentado, confesso também que a "realidade" virtual cada vez me atrai menos. Estou a ser retrógada? Hum... talvez, mas não me parece assim tanto que seja retrógada quem, como eu, se iniciou há uma data de anos em formas de convívio virtual em tempo real, é verdade que na altura até fiz amigos que vieram a passar a amigos reais, mas observei um mundo muito variado mas predominando a substituição do que pessoas não têm no real por vivências virtuais, a invenção de personalidades, etc., etc., e desinteressei-me. Quanto a potencialidades de aplicação na educação dessa "Second Life" de que penso que estão falando aqui, isso não sei. Desculpem este comentário pessoal, de facto não conheço, e todas estas coisas podem ser boas, mas o virtual é isso mesmo: não real.
[Ai, Teresa e 3za, podem bater-me, mas não batam muito he he he]

3za disse...

Não batemos querida Isabel. Temos dúvidas como toda a gente. O que eu imagino é que infelizmente muitos miúdos daqui a um tempo estrão muitas horas por lá e precisamos de encontrar uma forma de lidar com isso. Eu tb acho que real é real... mas encontrei-vos virtualmente e por isso tenho crescido muito na vossa companhia (impossível em tempo real) e isso não é coisa de pouca monta... :)Beijinhos

IC disse...

Querida 3za e queridos confrades, esclareço que o tipo de "realidade" virtual em que estava a pensar quando escrevi o meu comentário não inclui de modo nenhum todo o mundo virtual, inclusivamente não inclui a blogosfera. Os blogues vieram dar um espaço de escrita, de expressão que o geral das pessoas não tinha e isso foi extraordinariamente importante, para mais sendo a comunicação social "real" controlada como sabemos.
E a facilidade com que se cria um blogue e se publica nele também dá aos professores boa oportunidade de estimularem e orientarem os alunos ou as turmas para produzirem, criarem, e tb tratarem temas escolares com maior motivação.